<BODY>

domingo, dezembro 07, 2008

Afrouxem o cinto

(Leia a notícia AQUI)

A manchete ao lado confirma o que digo orgulhoso sobre o Brasil, sempre que o assunto é crise internacional nas rodas aqui, mas é o tipo de notícia que se perde no mar de previsões mal-intencionadas, que vejo prevalecer na mídia daí. O Eduardo Guimarães comentou isso e os novos números da aprovação de Lula, 70% (o máximo que FHC conseguiu foi 47%):

"(...) há problemas sérios (na economia brasileira), é claro, mas as pessoas têm capacidade de discernimento, pois sabem que os problemas que atingem o Brasil são muito mais sérios nos países ricos."

É verdade. Tem país europeu quebrando. O Japão já decretou recessão. Os EUA não só decretaram recessão como assumiram que ela já começara há um ano. Enquanto isso, no Brasil, só agora a crise começa a chegar - e mais em forma de pressão psicológica do que de fatos palpáveis. Será que isso não quer dizer nada? Então, palma, palma, não priemos cânico. Não se jogue da janela ainda, Nizan (a única sorte de quem estiver embaixo é que ele não é mais gordinho).





0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial