<BODY>

sábado, março 21, 2009

Em nome do pai II

Via Ancelmo Gois.

"No dia 19 de março de 2007, o juiz Wilney Magno de Azevedo Silva, da 16ª Vara Federal do Rio, deu a sentença do processo 2005.51.01.009792-9, determinando que fosse devolvida ao pai uma criança nascida no Canadá, e trazida para o Brasil pela mãe. Aceitou a argumentação dos advogados, que citaram, por 14 vezes, a Convenção de Haia.

Um deles é João Paulo Lins e Silva, padrasto do menino Sean Goldman."




1 Comentários:

Blogger david santos disse...

Aqui neste caso há parcialidade nítida, mas é a "justiça" que nós teimamos em manter nos nossos países para arruinar a própria Justiça.
Abraços.

9:19 PM  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial