<BODY>

domingo, abril 05, 2009

AZENHA: "Antes que vocês morram de infarto"

"A cobertura dos jornais brasileiros sobre o lançamento de um foguete da Coréia do Norte meramente repete propaganda dos Estados Unidos, sem oferecer qualquer contexto. Nem o New York Times se mostra tão escandalizado.

Os Estados Unidos dispõe hoje de 450 mísseis balísticos intercontinentais com 500 ogivas nucleares. A Rússia dispõe de 415, com 1.422 ogivas "a bordo". Outros 30 países do mundo contam com mísseis balísticos em seus arsenais, com alcances de 120 a 10 mil quilômetros, de produção doméstica ou comprados das grandes potências.

Quando se diz que a Coréia do Norte poderia alcançar com seu míssil o território dos Estados Unidos, estão falando "em tese". Muito pouco se sabe sobre a confiabilidade do sistema que dá direção ao foguete. Quando se diz que o país poderia colocar uma arma nuclear no foguete, é mentira. Não há nenhum indício de que a Coréia do Norte tenha desenvolvido a capacidade de transformar um artefato nuclear rústico em uma ogiva suficientemente sofisticada para ser colocada na ponta de um foguete.
"

(Continue lendo no blog do Azenha)

Uma reunião do G-20 finalmente terminou com saldo positivo; EUA e Rússia iniciam processo de redução de armas nucleares; Os esforços simpáticos de Obama em busca de diplomacia com o Irã começam a dar eco. Enquanto o mundo parece sinalizar o começo de um novo entendimento, onde Obama se destaca como principal articulador, a Coréia do Norte lançou um míssil no próprio pé este domingo. Não ameaça o colossal poderio bélico americano e apenas vai isolar o país ainda mais na comunidade mundial. Veja abaixo, a resposta de Obama à provocação norte-coreana. O presidente americano está em Praga.




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial