<BODY>

quinta-feira, abril 02, 2009

Pretinho básico

As cúpulas do G-20 reúnem as opiniões mais antagônicas possíveis porém há uma unanimidade este ano: Obama. Elogiam seu carisma, sua elegância e seus braços torneados descobertos. Calma, estou falando de Michele Obama. Estão todos encantados com a primeira-dama americana, do seu comportamento às suas roupas. Os vestidos que usa - especialmente os sem manga - desaparecem das prateleiras em instantes. Sensível aos tempos difíceis, Michele lança moda comprando em lojas acessíveis ao americano médio (ela não compra na Daslu). Acabei de ver os vários convidados do Larry King se superarem uns aos outros em elogios à ela, todos concordando. E olha que eu já vi brigas de navalha no programa do Larry King, ele mesmo se espantou. Se Barack Obama vem desde as primárias sendo comparado com John Kennedy, agora comparam Michele à Jaqueline. E se depender de alguns, Michele ganha. Isso porque, além de possuir imagem forte como sua antecessora, a atual primeira-dama também tem imagem de pessoa acessível. Não é marketing. Para Michele, a Casa Branca é do povo e por isso o local já recebeu mais visitantes nestes dois meses – geralmente estudantes públicos – do que provavelmente em todo o governo Bush. A última vez que entraram tantos negros pobres na Casa Branca foi quando estes à estavam construindo.




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial