<BODY>

sexta-feira, outubro 01, 2010

Em nota minúscula, três semanas depois do estardalhaço, Folha publica "errata" e diz que Dirceu não falou em "excesso de liberdade de imprensa"

Vamos julgar o sujeito pelos crimes que cometeu, não por boatos.

"OPINIÃO (19.SET, PÁG. A2) Diferentemente do publicado no editorial "A mesma síndrome" e na análise "Texto da Casa Civil já é peça simbólica da radicalização do final da campanha" (Eleições 2010, 15/9), José Dirceu não disse, durante encontro com petroleiros na Bahia, que há "excesso de liberdade de imprensa" no país. A frase incorreta constava de relatório sobre o encontro distribuído à imprensa pelo PT da Bahia."




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial